Denúncia: Chefe leva cartões de ponto dos trabalhadores para “passar o fim de semana em sua casa”

Divinopolis MG
Trabalhadores de Divinópolis em greve

Depois de uma greve massiva nos setores de Divinópolis onde os trabalhadores se mantiveram firmes contra os ataques que a ECT vem tentando fazer no Plano de Saúde e nos salários dos ecetistas a chefia do CDD Divinópolis Centro resolveu “inovar” no método de marcação dos cartões/documentos de ponto que os trabalhadores registram diariamente suas jornadas de trabalho com os respectivos intervalos de repouso.

Trabalhadores que pegam serviço às 07:30 e outros que registram o ponto um pouco antes para contagem de carga e preparação da triagem se depararam com uma situação no mínimo inusitada. Quando os trabalhadores se dirigiram ao relógio de ponto para registrarem a entrada diária curiosamente os cartões não estavam no quadro onde normalmente ficam. Quando o diretor do Sindicato questionou ao supervisor  por onde andavam os cartões de ponto o mesmo respondeu que o gestor da unidade, Maurício, havia levado os cartões/documentos de registro de ponto para sua casa no final de semana para averiguações. Ou seja, o Gestor retirou da unidade sem a anuência dos trabalhadores e levou para sua casa todos os cartões de ponto dos ecetistas para “averiguações”. Todo mundo sabe que os cartões de ponto não podem sair da unidade, pois são os documentos de registro de jornadas dos trabalhadores do setor.  Um total absurdo, pois a chefia faz o quer com a documentação dos trabalhadores e a direção da ECT não faz nada para impedir tais abusos dos gestores dentro das unidades de trabalho.

Importante lembrar que o relógio de ponto está quebrado e a chefia se” mobiliza” para consertá-lo, mas quer levar a documentação do trabalhador para “passar o fim de semana” em sua casa e fazer “o controle” longe da visão dos verdadeiros donos dessa documentação, que são os trabalhadores.

Esta situação é uma vergonha e sabemos que é mais um método de tentar intimidar os trabalhadores e principalmente os que participaram do movimento paredista. Esperamos que a direção da ECT tome providências quanto ao tratamento da documentação referente aos trabalhadores neste e nos demais setores de trabalho. Ademais a direção do Sindicato também irá denunciar tal situação a SRE (Superintendência Regional do Trabalho) para que seja tomadas providências contra este abuso.

Documentação do trabalhador não tem que “passar fim de semana” na casa de chefe. Exigimos o reparo imediato do aparelho de registro de ponto dos trabalhadores!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s