Especulação Financeira: O filão chamado Correios Saúde

Os grandes capitalistas tentam garantir os lucros avançando sobre os direitos dos trabalhadores

029 (1)

O esforço da empresa para impôr a privatização do convênio médico está diretamente relacionado com o aprofundamento da crise capitalista. Neste momento, os investimentos dos grandes capitalistas sumiram do mapa. Os lucros somente se sustentam com fartos repasses de recursos públicos, por meio do Banco do Brasil, da CEF e do BNDES. Mesmo assim, os lucros estão caindo. Por esse motivo, agora eles estão avançando sobre o dinheiro do convênio médico dos 120 mil trabalhadores, mais seus beneficiários, que representam mais de R$ 700 milhões por mês. Esse dinheiro terá como destino o pagamento da ultra-parasitária dívida pública que alimentará os lucros dos banqueiros e outros parasitas.

Além disso, os trabalhadores serão obrigados a tirar do próprio salário para pagar pelo serviço médico. Um Plano de Saúde privado equiparado com o atual, em preço de mercado, para um trabalhador e sua família, não sairia por menos de R$ 500,00. Os banqueiros, que controlam a saúde privada, sonham em arrebanhar esse filão que representa 500 mil pessoas somando trabalhadores e seus dependentes.

Por outro lado, esse seria um prejuízo enorme para o ecetista que ganha em média R$ 1.080,00. Hoje esse investimento é dos Correios. Um investimento na saúde dos trabalhadores que é prejudicada pela própria empresa que não toma medidas mínimas para prevenir doenças ocupacionais etc.

É preciso lutar e mobilizar os trabalhadores em todos os estados, em todos os setores de trabalho para garantir este que é um direito e um benefício fundamental para a categoria.

Não ao Postal Saúde!

Todos à Plenária do dia 12 de dezembro em Brasília, para organizar a greve nacional dos Correios!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s